Prefeita Iracy se reúne com ministro Gustavo Canuto em busca de casas populares

A prefeita de Montanha, Iracy Baltar, se reuniu, na tarde de ontem (15) com o ministro de Desenvolvimento Regional, Gustavo Canuto, em seu gabinete, em Brasília.

A pauta da audiência, que também contou com a presença do ministro interino da Cidadania, Lelo Coimbra, proponente da agenda, foi a aquisição de recursos para construção de casas populares.

“Mostrei ao ministro nosso projeto, já aprovado na Caixa Econômica Federal, que prevê a construção de 200 unidades em Montanha e 200 em Vinhático. Falei também sobre as moradias em situação de risco próximas à barragem. O ministro ficou muito sensibilizado, recebeu toda a documentação e afirmou que muito em breve irá nos responder”, comentou Iracy.

“Testemunhei ao ministro Canuto a importância de atender o pleito, pois, como capixaba, conheço bem a realidade de Montanha. O ministro foi muito sensível”, destacou Lelo.

O município de Montanha possui terrenos na sede e no distrito de Vinhático para construção de unidades habitacionais para moradores de baixa renda.

Prefeita Iracy anuncia Escola Cívico-Militar em Montanha

A prefeita de Montanha, Iracy Baltar, anunciou hoje (9) uma Escola Cívico-Militar em Montanha, após reunião com o Comandante Geral da Polícia Militar, Cel. Sartório, nesta manhã. A unidade iniciará as aulas em fevereiro deste ano.

“Recebemos hoje o aval do Comando Geral da Polícia Militar para a contratação de militares da reserva para nossa Escola. Estamos trabalhando no texto do convênio. É um anseio muito grande da população de Montanha que agora se torna realidade”, comentou Iracy.

A prefeita visitou in loco modelos de escolas militares em Teixeira de Freitas – BA, em 2017; e em Anápolis – GO e Goiânia- GO, em 2019. O município chegou à realizar uma audiência pública sobre o assunto, além de uma consulta pública online. A adesão popular é ampla.

A Escola Cívico-Militar funcionará na escola Domingos Martins, após alguns ajustes físicos que o município já providencia.

Ao todo, a escola terá capacidade para 1.000 estudantes, de 1° ao 9° ano. A parte pedagógica da escola não muda, segue a Lei de Diretrizes e Bases, do Ministério da Educação. Os militares serão incorporados à área disciplinar e organizacional.

A prefeita levou a pauta ao governador Renato Casagrande, em audiência na manhã de ontem (8), que não manifestou objeção.

O convênio entre o Município e a Polícia Militar deve ser assinado nos próximos dias. O regimento interno já está pronto.

CASAGRANDE GARANTE CONVÊNIO PARA URBANIZAÇÃO DO BALNEÁRIO EM AUDIÊNCIA PRIVADA COM PREFEITA IRACY BALTAR

Na manhã de hoje (8), a prefeita de Montanha, Iracy Baltar, discutiu com o governador Renato Casagrande, em seu gabinete no Palácio Anchieta, convênio para urbanização do entorno da barragem de Montanha, denominada “Tutu Reuter”.

A agenda contou com a presença da deputada estadual Janete de Sá, do Secretário de Estado da Casa Civil, Davi Diniz, e do Secretário Municipal de Comunicação e Relações Institucionais da Prefeitura, Marcos Coutinho.

“Finalizamos a obra da barragem e fechamos as comportas. Estamos assistindo o represamento da água das chuvas. E, hoje, demos mais um passo. Uma grande vitória! Com a garantia do governador, teremos um aporte de recursos para a urbanização. Vamos transformar a barragem em atração turística na região, gerando emprego, renda e oportunidades”, comentou Iracy.

O projeto urbanístico e paisagístico do balneário contempla calçadão, ciclovia, quatro píeres, arborização, iluminação, escultura, campo de futebol, parque infantil, reserva ecológica, bares e restaurantes.

A deputada Janete de Sá, entusiasta do projeto, destacou: “Este projeto emancipa Montanha. Muda Montanha. O balneário tem uma importância social. Fortalece o turismo, gera renda e oferta um espaço de lazer e entretenimento para o Município”.

Na conversa, o governador sinalizou que em breve estará em Montanha para a inauguração da barragem, oportunidade em que deve anunciar os investimentos para a urbanização. Parte dos recursos será aportada pelo Governo do Estado, através da Secretaria de Saneamento, Habitação e Desenvolvimento Urbano – SEDURB. A outra parte será de investimentos com recursos próprios, fruto de economias da municipalidade para esta finalidade.

A BARRAGEM

O reservatório terá capacidade para armazenar 2,4 bilhões de litros de água em 65,78 hectares de área alagada, o equivalente a mais de 65 campos de futebol. A quantidade é suficiente para abastecer toda população da cidade por mais de dois anos caso ocorram períodos de estiagem. A obra vai resolver o problema de abastecimento humano e também da agropecuária, principal vocação econômica do município.

O BALNEÁRIO

A urbanização, por sua vez, transformará a barragem em um balneário. O projeto é do arquiteto e urbanista Felipe Wagmacker. Em seu detalhamento, prevê calçadão, ciclovia, quatro píeres, arborização, iluminação, escultura, campo de futebol, parque infantil, reserva ecológica, bares e restaurantes. A idéia é criar uma nota rota turística no Estado, contando com as barragens urbanizadas de Ponto Belo, Mucurici e Montanha: a rota dos balneários de águas doces e da Carne de Sol.

RECURSOS PRÓPRIOS

Com a desapropriação da área da barragem, o município investiu cerca de R$1,7 milhão em recursos próprios, integralmente já depositados judicialmente. Na urbanização, deve investir cerca de R$1 milhão. Em sua rede social, a prefeita anunciou que já nos próximos dias iniciará a pavimentação da avenida principal e de um calçadão de três metros às margens da barragem.

Abertas as inscrições no Bolsa Atleta Capixaba

As inscrições para programas como Bolsa Atleta e Compete Esportivo estão abertas e se encerram na próxima sexta (10).

O Compete Esportivo visa o financiamento de passagens aéreas nacionais e internacionais para que atletas e paratletas de alto rendimento de modalidades individuais e coletivas possam participar de competições fora do Estado.

O Bolsa Atleta foi instituído em 2010 pelo Governo do Estado e tem como objetivo possibilitar a continuidade de treinamento de atletas e paratletas garantindo condições básicas para que se dediquem ao treinamento e às competições nacionais, sul-americanas, pan-americanas, mundiais, olímpicas e paralímpicas.

O benefício é concedido por um ano, dividido em 12 parcelas mensais, pago no ano seguinte à conquista do resultado para que o atleta se mantenha em condições esportivas para competições.

Desde então já foram beneficiados 429 esportistas de alto rendimento, com um investimento de aproximadamente R$ 7 milhões.

 

ref.: SESPORT

Restituição de Taxa de Concurso Público da Câmara de Vereadores de Montanha

Os inscritos no Concurso Público da Câmara de Vereadores de Montanha poderão ter a devolução da taxa de inscrição, mas para que isso ocorra é necessário alguns procedimentos.

O pedido de Restituição deverá ser realizada pelo Formulário disposto no link abaixo e precisa estar preenchido e assinado. O formulário deve estar acompanhado da cópia de Identidade, cópia do CPF, Ficha de Inscrição e comprovante original de recolhimento da taxa de inscrição.

A documentação deve ser entregue no setor de Protocolo da Prefeitura de Montanha entre os dias 20 de novembro a 20 de dezembro de 2019, de 7h às 13h, na Praça Osvaldo Lopes, no Centro de Montanha ES. A devolução ocorrerá em até 30 dias do efetivo protocolo.

Restituição da taxa de inscrição de Concurso Público da Câmara de Vereadores

Projeto “Homem que é Homem” é lançado em Montanha

Ontem (24), com abertura às 10h00, aconteceu no CRAS o lançamento do projeto “Homem que é Homem”. Lançado em 2015 e idealizado por psicólogos e assistentes sociais da polícia civil, esse projeto foi desenvolvido para prevenir e contribuir para a redução do índice e reincidência de violência contra a mulher, promovendo a prevenção da violência, através da construção de recursos e habilidades não violentas nas relações interpessoais, especialmente com os cônjuges e familiares.

 

O evento contou com a presença de autoridades e funcionários públicos locais, além de membros da sociedade civil. O evento iniciou com a fala da representante da Coordenadoria da Mulher, Dra. Camila Tardin, que em suas palavras colocou como objetivo principal dar continuidade ao Projeto “Montanha com Elas” tentando incluir o agressor no processo de transformação de uma sociedade machista e patriarcal.

 

Em seguida, as autoridades presentes tiveram o momento de fala e expuseram a importância desse projeto ser implantado nos órgãos municipais como forma de quebra do ciclo da violência doméstica. Consecutivamente, a palavra foi passada a cada autoridade presente, Dr. Leonardo Ávila (Delegado de Polícia Civil de Montanha), Dr. Landulpho Lintz (Superintendente de Polícia Regional Noroeste), Dra. Cláudia Dematte (Delegada de Polícia Civil), Dra. Natália Tenório (Delegada de Polícia Civil e Coordenadora da SPEV) e Dra. Michelle Meira (Gerente de Proteção à Mulher).

 

Já ao final da Cerimônia Solene, a Dra. Cláudia Dematte fez a entrega do termo de cooperação para a prefeita de Montanha, Iracy Baltar, que anteriormente havia falado sobre a necessidade em aderir esse projeto no município. “Senti grande necessidade em incluir os homens nas atividades de enfrentamento à violência doméstica e familiar. O programa “Montanha com Elas” não poderia ser “Montanha sem Eles””, comentou a prefeita Iracy.

 

O projeto “Homem que é Homem” estará sendo colocado em prática em Montanha a partir desta data e contará com uma equipe técnica composta por psicólogas e especialistas em atuação contra a violência familiar.

Prefeita Iracy reúne produtores do Centro de Comercialização

Na manhã de hoje (21), a prefeita de Montanha, Iracy Baltar, acompanhada do secretário de Agricultura, Valdeir Corsini, reuniu cerca de 50 produtores rurais cadastrados no Centro de Comercialização.

A reunião abordou os investimentos realizados pela Administração voltados para a agropecuária montanhense, bem como demandas e sugestões para aprimoramento das políticas agrícolas executadas.

“Efetivamente, esta é a gestão que mais investe em agricultura na história de Montanha. Foi um momento muito importante de diálogo com os produtores rurais”, comentou Iracy.

A prefeita lembrou que o Centro de Comercialização foi uma criação do seu primeiro mandato que, em sua iniciativa, busca facilitar e ampliar a venda dos alimentos plantados e colhidos na região.

“Além da barragem Tutu Reuter, que resolverá a questão hídrica de Montanha, realizamos mais de 1.000 atendimentos por mês ao produtor rural com trator e retro; já construímos 34 barragens no interior do município, 67 cisternas, instituímos os tickets Vale-Feira”, destacou Iracy.

Mostrando efetivo apoio aos agricultores, Iracy ainda anunciou a reforma do Mercado Municipal, onde ocorrem as feiras semanais.

O secretário Valdeir, por sua vez, se colocou à inteira disposição dos agricultores. “No que estiver ao meu alcance, como novo secretário farei o que puder para que possamos dar continuidade ao exitoso trabalho que vem sendo desenvolvido por esta gestão”.

A palavra foi franqueada aos produtores, que tiveram a oportunidade de expor suas opiniões e propor ideias do que ainda pode ser realizado.

“Montanha com Elas” realiza evento sobre empreendedorismo feminino

Durante o dia de ontem (10), o CRAS foi palco do evento “Empreendedorismo como Rompimento do Ciclo da Violência”, mais uma ação do programa municipal “Montanha com Elas”. Na ocasião, o município também realizou a abertura do Outubro Rosa.

O evento, realização da Coordenadoria Municipal da Mulher em parceria com a secretaria municipal de Saúde, trouxe à discussão o rompimento de barreiras na vida profissional de mulheres vítimas da violência doméstica e familiar, mostrando, através de depoimentos e dados científicos, o que pode ser e onde começa a violência dentro lar.

O evento contou com a participação de grande público, composto de autoridades,  funcionários da rede municipal, profissionais das áreas referentes aos temas em debate e, sobretudo, da população.

A prefeita de Montanha, Iracy Baltar, fez a abertura do evento falando sobre a importância do acontecimento e do amparo dado às mulheres montanheses. “O nosso Estado, mesmo tão pequeno, é um dos Estados que mais mata mulheres. Isso precisa mudar. Que essa mudança comece aqui e agora”, comentou Iracy.

A Dra. Hermínia Azoury, Juíza de Direito, falou sobre suas experiências como Coordenadora da Coordenadoria Estadual da Mulher do Tribunal de Justiça e sobre sua luta e militância no enfrentamento à violência contra a mulher.

Após uma apresentação cultural, palestra com a Dra. Cláudia Murta, professora de Filosofia da Universidade Federal do Espírito Santo e Psicóloga, que se  aprofundou nas feridas e cicatrizes causadas pela violência e alertou como fazer para fugir da impetuosidade familiar e por quê buscar ajuda.

A maior emoção da manhã ficou por conta da Dra. Bruna Capilla Moscoso que, após discorrer sobre a importância do auto cuidado, sintomas e profilaxias do Câncer de Mama, contou sua experiência pessoal ao enfrentar a doença.

Em seguida, a Deputada Janete de Sá, Procuradora Especial da Mulher na Assembleia Legislativa, teve com o público uma conversa descontraída e essencial sobre a problemática da violência na vida da mulher.

Logo mais à tarde, alunos das escolas de Montanha participaram de uma palestra com Inês Veltri sobre os perigos da Violência contra a Mulher e sobre a importância da denúncia no 180.

Durante todo o dia, do lado de fora do evento, na praça anexa,  atendimento às mulheres em situações de violência doméstica no Ônibus Rosa do Tribunal de Justiça do Estado com psicólogos, enfermeiros e advogados.

Feira Agroecológica de Montanha ganha novo local

Todas as quartas-feiras acontece em Montanha a tradicional Feira Agroecológica, que anteriormente acontecia na travessa do Carmo Meira, popularmente conhecida como pracinha do INSS. A partir de hoje (9) a feira passa a ser realizada na Praça Osvaldo Lopes, atrás do Banco do Brasil. Essa roupagem nova ganhou apoio e grande satisfação da população e, principalmente, dos agricultores que tiveram o espaço cedido para a comercialização de seus produtos.

 

“Esta talvez seja uma das melhores ideias que tivemos nos últimos dias, pois o novo local certamente atrairá mais consumidores por sua visibilidade”, comentou a prefeita Iracy Baltar.

A praça tem ambiente arejado, muitas árvores que fornecem sombra e grande movimentação comercial e volume de pessoas. A Feira Agroecológica é uma das formas de abrir canais alternativos de comercialização e ampliação da agricultura orgânica.

Montanha, região de agricultores, tem apoiado, incentivado e aberto as portas para a Agricultura Familiar com seus produtos saudáveis e sem agrotóxicos. “Essa é a gestão que mais investiu em agricultura na história de Montanha. Prova disso são a 33 barragens já construídas pelo interior do município, 67 cisternas, aquisição de maquinário novo, atendimentos diários ao produtor rural com trator e retro, zelo com as estradas vicinais e a instituição do Vale Feira que pagamos ao servidor para compra de produtos da agricultura familiar”, completou Iracy.

 

Eleição para Conselho Tutelar ocorreu neste domingo

Ontem, 6 de Outubro, aconteceu em Montanha e nos demais municípios do país, as eleições para conselheiros tutelares. Toda pessoa maior de 16 anos que possui titulo de eleitor regular, pôde votar.

O Conselho Tutelar é um órgão permanente e autônomo, com representação em todas as cidades brasileiras, dirigido a zelar pelo cumprimento da legislação que trata de direitos das crianças e dos adolescentes.

Os conselheiros tutelares são representantes da sociedade civil, eleitos a cada quatro anos e remunerados para desempenharem suas funções junto aos Conselhos, no âmbito do que dispõe a Lei Federal 8.069/1990 (Estatuto da Criança e do Adolescente).

Em Montanha, a participação dos mais de 2.000 votantes contribuiu para a elegibilidade de cinco conselheiros, a saber, Silônia Monteiro com 403 votos, Eliana de Chinha com 324 votos, Arthur de Zenaide com 187 votos, Regiane Barbosa com 180 votos e Marislene Loiça com 163 votos.

A prefeita de Montanha alertou à importância das eleições para Conselho Tutelar. “O conselho tutelar é fundamental em causas que abordam violência e negligência infantil, além de ser um órgão vital na tutela dos direitos da criança e do adolescente”.

 

Powered by themekiller.com