Ouvidoria e acesso a informação

Montanha ocupa a 5º posição no ranking Estadual do Programa Previne Brasil 2021

O município é o 2º colocado dentre as cidades do norte do Estado, tendo destaque também Mucurici

O município de Montanha conquistou a 5º posição no ranking dos Indicadores de Desempenho do Programa Previne Brasil 2021. O resultado foi divulgado no início deste mês para todas as Secretarias Municipais de Saúde do Estado. Os dados são analisados pelo Colegiado de Secretarias Municipais de Saúde do Espírito Santo (COSEMSES).

Dentre as 15 cidades que compõem o norte do Estado, Montanha ocupa a segunda posição, sendo destaque juntamente com Mucurici, em cidades que mais avançaram no Programa Previne Brasil 2021 neste segundo quadrimestre. Com isso, o município é automaticamente considerado o melhor em atenção primária de saúde no Espírito Santo.

A nível Brasil, dos 5.570 municípios avaliados, Montanha ocupa a 553º posição. “Conquistar esta posição, dentre tantas cidades do País é gratificante. O resultado no geral mostra como o trabalho realizado por todos os profissionais de saúde está surtindo um ótimo efeito, afinal trabalhamos para oferecer melhor qualidade de vida e assistência ao cidadão”, disse o prefeito André Sampaio.

Os dados são ordenados pela maior pontuação do indicador final – denominado Indicador Sintético Final (ISF). “A saúde é o bem maior do ser humano e isso prova o quanto o nosso trabalho a favor da sociedade está sendo executado com muito profissionalismo e dedicação”, pontuou a secretaria de saúde de Montanha, Viviane Santos.

As equipes de saúde de Montanha, que acompanham com regularidade os pacientes sob os seus cuidados, contribuirão com o desempenho do município, conforme a melhora nos indicadores, garantido mais recursos para a qualificação dos serviços prestados aos cidadãos. Assim, como o critério, leva em consideração o número de pessoas cadastradas nos serviços de saúde da Atenção Primária.

Saúde em Montanha avança

Com a pandemia, a atenção aos cuidados com a saúde redobrou mundialmente. Com este novo cenário, a Secretaria Municipal de Saúde de Montanha realizou diversos trabalhos voltados para ações focadas em oferecer melhores condições de saúde à população, sempre baseada nas orientações do Ministério da Saúde.

Foram realizadas diversas ações de desinfecção das vias públicas da cidade e dos distritos de Vinhático, São Sebastião, Fumaça e Trinta de Maio. Além disso, prédios públicos, estabelecimentos de grande rotatividade de pessoas, como bancos, casa lotérica e as Unidades de Saúde também passaram pela rigorosa limpeza. Foram acoplados, em média, pulverizadores em oito tratores com capacidade de pulverizar 2 mil litros de solução diluída de hipoclorito de sódio.

Em menos de um ano, a Prefeitura de Montanha através da Secretaria Municipal de Saúde, investiu em ações focadas na realidade da população e promoveu mudanças focadas no bem estar dos moradores. Em maio deste ano, foi inaugurado o Centro de Atendimento Municipal de Especialidades (CAME). O espaço é focado em atendimento humanizado à população, sendo referência em atendimento médico especializado no município, concentrando especialistas nas áreas de cardiologia, pediatria, neurologia, psiquiatria, ginecologia e psicologia.

No mesmo mês, a unidade Estratégia de Saúde da Família (ESF 6) do bairro Decão, retornou ao seu local de origem, levando o atendimento próximo as residências dos moradores e fortalecendo os serviços do Sistema Único de Saúde (SUS). Para suprir a demanda dos atendimentos e diminuir o tempo de espera para a realização das consultas, foram contratados sete novos médicos para atuar no sistema municipal de saúde e quatro psicólogos. Os profissionais atuam na unidade de saúde do Vinhático e São Sebastião. Com foco em atender às necessidades da população, foi necessário contratar também um Fisioterapeuta para o atendimento domiciliar.

Em junho, o município recebeu um veículo tipo Van, modelo Sprinter, com 16 lugares, contemplado através do Consórcio Público Prodnorte, o qual Montanha faz parte, juntamente com mais 11 municípios. Em agosto, foi realizada a descentralização da Farmácia Básica para as Estratégias de Saúde com maior volume de atendimento, com o objetivo de disponibilizar a população o acesso mais rápido à medicação nas unidades de saúde dos bairros.

Conforme exigência do Ministério da Saúde, o mínimo é 80% dos medicamentos nas Farmácias Básicas. O município de Montanha disponibiliza 95%. “Já avançamos muito nos atendimentos e atenção à saúde para a população da cidade neste quase um ano de gestão. Estamos trabalhando para melhorar ainda mais o acesso à saúde de qualidade, desde investimento em profissionais qualificados às melhores estruturas, equipamentos e medicação”, explicou o prefeito André Sampaio.

O que é o Programa Previne Brasil

O programa Previne Brasil é o novo modelo de financiamento da Atenção Primária à Saúde (APS), e foi instituído pela Portaria nº 2.979, de 12 de novembro de 2019. Ele leva em conta três componentes para fazer o repasse financeiro federal a municípios e ao Distrito Federal: capitação ponderada (cadastro de pessoas), pagamento por desempenho (indicadores de saúde) e incentivo para ações estratégicas (credenciamentos/adesão a programas e ações do Ministério da Saúde).

A proposta tem como princípio aumentar o acesso das pessoas aos serviços da APS e o vínculo entre população e equipe, com base em mecanismos que induzem à responsabilização dos gestores e dos profissionais pelas pessoas que assistem. O Previne Brasil começou a ser implementado em 2020.

Fonte: https://aps.saude.gov.br/