Na manhã de hoje (8), a prefeita de Montanha, Iracy Baltar, discutiu com o governador Renato Casagrande, em seu gabinete no Palácio Anchieta, convênio para urbanização do entorno da barragem de Montanha, denominada “Tutu Reuter”.

A agenda contou com a presença da deputada estadual Janete de Sá, do Secretário de Estado da Casa Civil, Davi Diniz, e do Secretário Municipal de Comunicação e Relações Institucionais da Prefeitura, Marcos Coutinho.

“Finalizamos a obra da barragem e fechamos as comportas. Estamos assistindo o represamento da água das chuvas. E, hoje, demos mais um passo. Uma grande vitória! Com a garantia do governador, teremos um aporte de recursos para a urbanização. Vamos transformar a barragem em atração turística na região, gerando emprego, renda e oportunidades”, comentou Iracy.

O projeto urbanístico e paisagístico do balneário contempla calçadão, ciclovia, quatro píeres, arborização, iluminação, escultura, campo de futebol, parque infantil, reserva ecológica, bares e restaurantes.

A deputada Janete de Sá, entusiasta do projeto, destacou: “Este projeto emancipa Montanha. Muda Montanha. O balneário tem uma importância social. Fortalece o turismo, gera renda e oferta um espaço de lazer e entretenimento para o Município”.

Na conversa, o governador sinalizou que em breve estará em Montanha para a inauguração da barragem, oportunidade em que deve anunciar os investimentos para a urbanização. Parte dos recursos será aportada pelo Governo do Estado, através da Secretaria de Saneamento, Habitação e Desenvolvimento Urbano – SEDURB. A outra parte será de investimentos com recursos próprios, fruto de economias da municipalidade para esta finalidade.

A BARRAGEM

O reservatório terá capacidade para armazenar 2,4 bilhões de litros de água em 65,78 hectares de área alagada, o equivalente a mais de 65 campos de futebol. A quantidade é suficiente para abastecer toda população da cidade por mais de dois anos caso ocorram períodos de estiagem. A obra vai resolver o problema de abastecimento humano e também da agropecuária, principal vocação econômica do município.

O BALNEÁRIO

A urbanização, por sua vez, transformará a barragem em um balneário. O projeto é do arquiteto e urbanista Felipe Wagmacker. Em seu detalhamento, prevê calçadão, ciclovia, quatro píeres, arborização, iluminação, escultura, campo de futebol, parque infantil, reserva ecológica, bares e restaurantes. A idéia é criar uma nota rota turística no Estado, contando com as barragens urbanizadas de Ponto Belo, Mucurici e Montanha: a rota dos balneários de águas doces e da Carne de Sol.

RECURSOS PRÓPRIOS

Com a desapropriação da área da barragem, o município investiu cerca de R$1,7 milhão em recursos próprios, integralmente já depositados judicialmente. Na urbanização, deve investir cerca de R$1 milhão. Em sua rede social, a prefeita anunciou que já nos próximos dias iniciará a pavimentação da avenida principal e de um calçadão de três metros às margens da barragem.

Ainda não existem comentários.

Deixe um comentário

Seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios (*).

Powered by themekiller.com