Ontem (24), com abertura às 10h00, aconteceu no CRAS o lançamento do projeto “Homem que é Homem”. Lançado em 2015 e idealizado por psicólogos e assistentes sociais da polícia civil, esse projeto foi desenvolvido para prevenir e contribuir para a redução do índice e reincidência de violência contra a mulher, promovendo a prevenção da violência, através da construção de recursos e habilidades não violentas nas relações interpessoais, especialmente com os cônjuges e familiares.

 

O evento contou com a presença de autoridades e funcionários públicos locais, além de membros da sociedade civil. O evento iniciou com a fala da representante da Coordenadoria da Mulher, Dra. Camila Tardin, que em suas palavras colocou como objetivo principal dar continuidade ao Projeto “Montanha com Elas” tentando incluir o agressor no processo de transformação de uma sociedade machista e patriarcal.

 

Em seguida, as autoridades presentes tiveram o momento de fala e expuseram a importância desse projeto ser implantado nos órgãos municipais como forma de quebra do ciclo da violência doméstica. Consecutivamente, a palavra foi passada a cada autoridade presente, Dr. Leonardo Ávila (Delegado de Polícia Civil de Montanha), Dr. Landulpho Lintz (Superintendente de Polícia Regional Noroeste), Dra. Cláudia Dematte (Delegada de Polícia Civil), Dra. Natália Tenório (Delegada de Polícia Civil e Coordenadora da SPEV) e Dra. Michelle Meira (Gerente de Proteção à Mulher).

 

Já ao final da Cerimônia Solene, a Dra. Cláudia Dematte fez a entrega do termo de cooperação para a prefeita de Montanha, Iracy Baltar, que anteriormente havia falado sobre a necessidade em aderir esse projeto no município. “Senti grande necessidade em incluir os homens nas atividades de enfrentamento à violência doméstica e familiar. O programa “Montanha com Elas” não poderia ser “Montanha sem Eles””, comentou a prefeita Iracy.

 

O projeto “Homem que é Homem” estará sendo colocado em prática em Montanha a partir desta data e contará com uma equipe técnica composta por psicólogas e especialistas em atuação contra a violência familiar.

Ainda não existem comentários.

Deixe um comentário

Seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios (*).

Powered by themekiller.com